<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 dicas para reduzir custos em TI

Veja como automatizar processos, investir em equipamentos de qualidade e muitas outras ações podem ajudar a equilibrar o orçamento.

 

Um desafio de diversos gestores em sua rotina de trabalho é encontrar uma maneira de reduzir custos em TI. Isso ocorre por diversos fatores e um deles é o fato de muitas empresas não terem capital suficiente para investir valores significativos no setor.

Como se sabe, para manter o bom funcionamento dessa área, os gastos são elevados. Por outro lado, o setor de tecnologia é de fundamental importância para que as organizações tenham a segurança de estar trabalhando com equipamentos e sistemas de qualidade. Isso sem contar a relevância de ter em seu quadro profissionais de TI dedicados e que façam o acompanhamento regular das estratégias definidas pela organização.

Neste texto, vamos falar sobre como a adoção de algumas ações pode ajudar na redução de custos em TI de uma empresa. Siga lendo, fique por dentro e ajude seus clientes a compreender ainda melhor o assunto.

Migrar para a nuvem

Você pode optar por migrar alguns ou talvez todos os sistemas e dados da empresa para a nuvem visando a redução dos custos. Há diversas opções no mercado e só é preciso pesquisar e contratar um plano que caiba no orçamento.

Em muitos casos, só será tarifado o que for utilizado pela empresa e, além do armazenamento, também será possível utilizar a nuvem para que sejam hospedados softwares e outros sistemas. Dessa forma, é possível economizar no custo com servidores, um dos grandes vilões na contabilidade da área de tecnologia.

Automatizar processos

Um dos maiores problemas que as empresas enfrentam em relação aos funcionários da área de tecnologia envolve o custeio dos seus altos salários. Ao investir em softwares para automatizar os seus processos, isso ajudará no crescimento do negócio.

Esta ação também vai fazer com que algumas atividades que eram feitas de forma repetitiva pelos funcionários, como a elaboração de planilhas, por exemplo, sejam eliminadas. Isso permitirá alocar o colaborador na realização de outras tarefas, aumentando a produtividade.

Atualizações de software e monitoramento de rede são exemplos de atividades que podem ser incluídas no processo de automatização de sistemas.

Investir em equipamentos de qualidade

O investimento em equipamentos de qualidade é fundamental para reduzir os custos extras em empresas de TI. Isso porque ele evita gastos em manutenção que os aparelhos de baixa qualidade constantemente geram.

Os equipamentos da empresa precisam atender perfeitamente à demanda dos setores para que não ocorram falhas técnicas e pequenos problemas no dia a dia da operação, afetando o trabalho da equipe.

Outro aspecto em que essa medida ocasionará a redução de custos envolve o fato de que o bom desempenho dos sistemas e equipamentos resultará em menos solicitações de suporte, elevando a produtividade da equipe.

Eliminar softwares inutilizados

Para que não haja ilegalidade nos procedimentos adotados pela empresa, é necessário que sejam adquiridas licenças para a utilização de determinados softwares. Em muitos casos, dependendo do sistema utilizado, o custo para mantê-los é extremamente alto.

Fazer uma análise dos softwares que são pagos e avaliar os que estão sendo utilizados ou não pela empresa a fim de fazer um inventário que contenha informações sobre todas as licenças ativas e o setor onde cada uma delas é utilizada é uma ação importante.

Nesse contexto, é possível também verificar as datas de expiração das licenças e eliminar as que estejam fora de uso. Essa é mais uma forma de redução de custos dentro da empresa.

Considerar a terceirização de alguns serviços

Muitos gestores optam por terceirizar a mão de obra da área de TI, pois assim é possível contar com profissionais mais capacitados para áreas específicas que necessitam suporte.

Com a entrega da responsabilidade desse setor a uma empresa de confiança, com boa estrutura e profissionais especializados, muitos benefícios podem surgir para a saúde financeira da empresa e principalmente para o melhor desempenho da área de tecnologia.

Mesmo que alguns gestores se sintam desconfortáveis por estarem delegando a outrem o controle de um setor tão importante, ao escolher uma organização capacitada, a área de tecnologia pode fluir muito melhor.

Além disso, esta ação poderá baixar os gastos da empresa, visto que não será mais necessária a contratação de um funcionário específico para essa função.

O que achou deste artigo? Existe alguma outra forma que você aplica em sua empresa e não abordamos? Essas foram algumas dicas para que você possa mostrar aos seus clientes que a redução de custos em TI é possível. Compartilhe e comente conosco!

Posts relacionados

8 principais erros de outsourcing de TI para seus clientes evitarem

A capacidade de uma empresa de gerenciar e produzir uma equipe de desenvolvimento competente terá grandes implicações para seu sucesso ou fracasso.

Modernizando a TI: como o CIO pode agregar valor para os negócios?

Com uma visão geral de toda a empresa, fortes relações de TI e foco no valor, os CIOs podem expandir seus horizontes.

Investimentos em TI: por onde começar e como ter sucesso?

Há diversas opções de fornecedores e soluções tecnológicas no mercado. Se as empresas não souberem como escolher, poderão não aproveitar os benefícios das inovações em seus negócios.

Escreva seu comentário