<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 dicas para as empresas reduzirem seus gastos com TI

Algumas medidas são essenciais para a estruturação de uma boa estratégia que otimize custos com recursos tecnológicos e proporcione retorno para as corporações.

 

5 dicas para as empresas reduzirem seus gastos com TI

 

 

Contar com uma infraestrutura de TI econômica tem se tornado essencial após o movimento das empresas para transformação digital e o mercado cada dia mais competitivo. Apenas assim é possível executar as atividades com alta performance e baixos níveis de prejuízo exigidas com a evolução das tecnologias.

A área de TI é uma das mais cobradas para que busque uma gestão inteligente que seja capaz de otimizar os recursos disponíveis. Por se tratar de um setor muito dinâmico é possível que os gestores adotem estratégias que reduzam custos ao otimizar operações, direcionando investimentos para outros departamentos e tornando, assim, as entregas de serviços ou produtos mais ágeis e eficientes.

Primeiramente, é necessários que a empresa faça uma revisão interna de seu negócio para definir qual será o foco a ser tomado e quais são as atividades mais importantes da empresa. Assim, será possível criar um planejamento com os critérios necessários a serem adotados para alcançar o objetivo de reduzir gastos.

Confira a seguir 5 dicas que ajudarão os gestores de TI a revisarem a estrutura do negócio para reduzir custos e manter a qualidade e eficiência:

1 - Outsourcing de TI

Muitas empresas não possuem condições para manter grandes infraestruturas próprias, pois estas demandam altos custos e dedicação especial de uma equipe especializada, além de constantes processos operacionais, de desempenho e outros. Por isso, adotar Outsourcing, que são serviços terceirizados de gestão e controle dos sistemas, é uma ótima opção para cortar custos.

Ao direcionar esses serviços para fora da empresa, é possível contar com a previsibilidade de gastos, que são fixos mensalmente e direcionar a equipe de TI para outras atividades estratégicas para o andamento do negócio, além de não se preocupar com problemas inesperados com equipamentos. Esse modelo de terceirização de serviços da infraestrutura é uma saída eficiente para reduzir investimentos sem perder qualidade e produtividade.

2 - Automação de processos

Atividades repetitivas na rotina de trabalho costumam atrapalhar a produtividade da equipe e são suscetíveis a erros, podendo atrapalhar todo o processo produtivo. Por isso, em uma boa estratégia, é ideal realizar a automação para aumentar a eficiência e produtividade dos funcionários. Além disso, o processo de automação conta com auditorias que são capazes de realizar o rastreamento dos passos executados ao longo de todas as tarefas automatizadas, o que permite diagnosticar possíveis problemas rapidamente.

O departamento de TI deve observar quais são as tarefas essenciais e aquelas que demandam muito tempo para serem realizadas para definir quais devem ser automatizadas para gerar uma maior economia de tempo e dinheiro para a empresa.

3 - Cloud Computing

A Computação em Nuvem é uma das principais tendências de TI dos últimos anos e tem gerado grandes economias para as empresas por tornar o trabalho da TI mais ágil, possibilitar uma maior mobilidade de trabalho aos funcionários e ampliar a capacidade de atender às demandas dos usuários.

A partir da Nuvem, as empresas podem tornar seus gastos com licenciamento de software e outras tecnologias mais precisos. Ao utilizar o modelo SaaS (Software as a Service), por exemplo, é possível pagar apenas pelo número de usuários que as aplicações utilizadas possuem, assim, não é preciso se preocupar com gastos inesperados e ainda é possível economizar com outros serviços quando a quantidade total de recursos contratados não é utilizada.

4 - Sistema de gerenciamento de infraestrutura

Para que a TI consiga reparar os possíveis problemas, que podem ocorrer a qualquer momento, de forma ágil e com pouco impacto negativo na rotina do negócio é necessário contar com um sistema de monitoramento eficiente.

Ele realiza a gestão do funcionamento de todo o sistema com a finalidade de identificar falhas, indisponibilidades e excessos de requisições. Assim, esse levantamento constante de dados sobre os possíveis problemas torna os recursos mais eficazes e o sistema mais robusto.

5 - Virtualização de recursos

Ao realizar a virtualização de seu Data Center, a empresa passa a obter um maior poder de armazenamento e computação, além de diminuir os gastos com dados mantidos em hardwares, que demandam custos com manutenção, eletricidade e tempo da TI.

Além de seguir essas estratégias, o gestor de tecnologia da informação deve sempre monitorar os ativos de TI para que nenhum recursos seja desperdiçado e o ciclo de vida de cada serviço seja administrado da melhor forma possível.

Alinhar o planejamento de TI com os objetivos dos negócios é essencial para definir uma estratégia de redução de gastos e retorno dos investimentos em médio e longo prazo. Para isso, é necessário que o gestor esteja em constante contato com os outros departamentos da empresa para poder identificar quais soluções tecnológicas podem ajudá-los a tornar cada gasto mais eficiente.

 

E-book grátis

Posts relacionados

5 dicas para reduzir custos em TI

Veja como automatizar processos, investir em equipamentos de qualidade e muitas outras ações podem ajudar a equilibrar o orçamento.

8 principais erros de outsourcing de TI para seus clientes evitarem

A capacidade de uma empresa de gerenciar e produzir uma equipe de desenvolvimento competente terá grandes implicações para seu sucesso ou fracasso.

Modernizando a TI: como o CIO pode agregar valor para os negócios?

Com uma visão geral de toda a empresa, fortes relações de TI e foco no valor, os CIOs podem expandir seus horizontes.

Escreva seu comentário