<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto

Da segurança a largura de banda, o TI vem passando por desafios expressivos para adaptar o trabalho remoto.

 

O trabalho remoto não é uma novidade, organizações em todo mundo já adotavam essa política de trabalho para parte da equipe ou de maneira integral. No entanto, para muitas empresas e colaboradores brasileiros está sendo uma experiência sem precedentes.

Pegos de surpresa pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a adaptação ao home office trouxe impactos bastante significativos, principalmente, para a TI.

Acompanhe o post e conheça 5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto.

Pandemia e Home Office

A chegada da pandemia levou grande parte dos trabalhadores de volta pra casa. Isso porque o distanciamento social é uma das principais medidas adotadas para evitar a disseminação ainda mais rápida e perversa da doença.

Uma quarentena obrigatória foi imposta em todo mundo, forçando a adoção do trabalho remoto como alternativa de sobrevivência comercial.

Assim, caiu no colo do gestor de TI, de maneira inesperada e sem nenhum plano auxiliar, a responsabilidade de adaptar o negócio para o universo remoto.

Para organizações que já viviam ou começaram a transformação digital, o processo foi menos agressivo. Já para empresas que negligenciaram essa necessidade funcional, a história foi outra.

Da segurança de dados a largura de banda, o TI precisou buscar soluções que atendam as estruturas tecnológicas dos equipamentos pessoais dos colaboradores e a demanda comercial da organização.

Detalhes das redes domésticas e da própria rede corporativa precisaram ser ajustadas para assegurar a continuidade operacional do negócio durante a quarentena.

5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto

Veja a seguir, em detalhes, os 5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto.

1) Local do trabalho

O primeiro desafio que vamos abordar neste post é a qualidade do local de trabalho remoto. O TI não conhece as condições do espaço, a qualidade da rede, largura da banda, sistema operacional da máquina, versões dos programas instalados, sistemas de proteção cibernética, e assim por diante.

Considerando que muitas organizações possuem milhares de colaboradores, a verificação individual passa a ser inviável. Por isso, ele precisa estudar soluções que possam ser empregadas mesmo em locais de acesso complexo e equipamentos menos apropriados.

Fortaleça o poder de colaboração

2) Treinamento operacional

Outro dos 5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto é a capacitação técnica dos colaboradores. Na rotina convencional, basta ligar no departamento de TI

para sanar qualquer dúvida ou problema técnico, certo? Na rotina em home office, o atendimento é um pouco diferente.

O TI deverá instruir a força de trabalho a lidar com problemas técnicos de maneira remota, e dependendo do perfil do colaborador essa tarefa poderá ser um grande desafio.

Algumas das questões mais frequentes são conexão com as redes wifi, proxies, impressão remota, ERP e CRM. Um bom treinamento é extremamente importante para evitar essas adversidades e preparar o usuário para os ajustes e correções necessários.

3) Equipamentos

Assim como dissemos, a qualidade do equipamento pessoal do colaborador pode ser um problema para o TI.

Algumas empresas permitiram que o funcionário levasse a máquina para casa, assim os ajustes nas configurações do trabalho remoto forma mais amenos. Contudo, nem toda organização cedeu tal benefício, levando os colaboradores a usarem equipamentos próprios, que muitas vezes, não são apropriados e não suportam as atividades corporativas.

Com isso, o TI tem um grande dilema. Adaptar máquinas com capacidade inferior à necessária, com largura de banda insuficiente, sem softwares de proteção cibernética, dentre outros, mantendo a qualidade operacional é uma missão praticamente impossível.

4) Comunicação de dados

O acesso a internet também é um dos 5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto. O funcionário pode ter um pacote de dados que não comporte a necessidade das suas atividades profissionais. Diante disso, a empresa precisa adotar medidas emergenciais que permitam aos colaboradores atuarem com qualidade e sem interrupção.

Seja para estar presente em uma videoconferência ou enviar um arquivo essencial, a conexão com a rede deve estar impecável.

5) Política de segurança

Por fim, a última dos 5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto que vamos explorar neste post é a questão da segurança.

Como os equipamentos podem não contar com tecnologias de segurança adequados, o TI deve buscar soluções que proteja os dados empresariais e assegure um tráfego em riscos.

Ataques virtuais de hackers, invasões, sequestro de dados, instalações de vírus, malwares, ransomwares, dentre outros, estão cada vez mais comuns. Por isso, soluções de autenticação e proteção devem ser estruturados com urgência.

O trabalho remoto, certamente, será mantido mesmo após o fim da pandemia, por isso o TI deve buscar soluções permanentes para essa situação.

A busca por tecnologias que sustentem o home office deve ser feito de maneira estratégica e visando futuras práticas para o negócio, que possam ainda otimizar a sua vantagem competitiva no mercado.

 

Posts relacionados

Como aumentar a produtividade no trabalho remoto?

A tecnologia tornou-se indispensável para o sucesso desse modelo de trabalho. Saiba como o Microsoft Teams pode ser o aliado certo para aumentar os resultados de negócios.

10 formas de engajar equipes durante o trabalho remoto

Manter uma comunicação constante e oferecer a estrutura tecnológica certa para o home office são ações necessárias para se manter à frente no mercado. Confira as demais!

Quais tecnologias disruptivas as empresas devem implementar?

Para superar a crise do coronavírus e se adaptar à nova realidade do mercado, é necessário investir em inovação e ferramentas modernas.  

Escreva seu comentário