<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Markeplace
  • Free Trial SEP Cloud - Alta proteção de endpoints com uma solução intuitiva. Ofereça já para seus clientes.
  • Partner Portal
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • _banner-home-mobile_-symantec-sep-cloud.png
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet

5 desafios da conexão 5G que devem ser superados pelas empresas

Postado por Equipe Westcon em 26/nov/2018 5:00:00

A próxima geração de conexão sem fio irá desencadear grandes transformações nas empresas. No entanto, para aproveitar seus benefícios, será preciso superar alguns obstáculos.

 

5 desafios da conexão 5G que devem ser superados pelas empresas

 

 

A sociedade está cada vez mais dependente da mobilidade, ansiando por conexões mais rápidas e aprimoradas. Para suprir essa necessidade, a indústria da tecnologia tem investido pesado em uma nova potência: o 5G. Diversas operadoras já estão planejando seu lançamento e realizando testes ativamente.

O 5G representa a próxima geração de conexão sem fio e promete acelerar a navegação dos usuários de uma forma nunca vista antes. Por meio dela, será possível entregar muito mais tráfego do que as redes atuais conseguem. Sua rapidez será, no mínimo, 10 vezes superior ao atual 4G.

Essa cobertura desencadeará uma revolução que irá permitir grandes transformações na cadeia de produção e modelos de negócios de diversas áreas. Não apenas o entretenimento e a comunicação serão impactadas, mas também todos os setores da indústria e os hábitos de seus consumidores.

Por meio do 5G, tecnologias como óculos de realidade mista, drones e carros autônomos, sensores inteligentes para fábricas digitais, robôs cirurgiões entre outras se tornarão mais populares. Além disso, a sociedade passarão a adotar novas formas de se comunicar, de trabalhar e viver.


Como o 5G funcionará nas empresas?

As empresas poderão otimizar seus serviços e produtos graças aos benefícios da baixa latência do 5G, cujo tempo de resposta entre um dispositivo e outro é, praticamente, instantâneo.

Muitos especialistas consideram a próxima geração de redes um divisor de águas que é fundamental para a implementação comercial de tecnologias disruptivas e para o aprimoramento de tecnologias como a IoT.

Por meio dele, as empresas poderão garantir que suas redes consigam lidar com o crescimento acelerado do número de dispositivos conectados. A expectativa é que as redes 5G sejam capazes de lidar com centenas de milhões de dispositivos e sensores ao mesmo tempo.

No entanto, para acompanhar essa evolução, os data centers corporativos precisam se modernizar, visto que adotar esse tipo de demanda é uma tarefa complexa. Além disso, as redes 5G envolvem uma combinação de tecnologias emergentes e combina espectros de frequências variantes.

 

Baixar agora

 


Por isso, as empresas precisarão lidar com diversos desafios para acompanhar a evolução para a próxima geração de rede. Confira a seguir quais são os principais e ajude seus clientes a solucioná-los antes da chegada do 5G:


5 principais desafios do 5G

 

1. O aumento do volume de dados

A quantidade de informações geradas, armazenadas e processadas tem crescido exponencialmente nos últimos anos, principalmente após a popularização dos dispositivos móveis.

A grande maioria dessas cargas passam pelos data centers das corporações. Com o 5G, esse nível de dados irá aumentar, visto que entregará uma largura de banda até mil vezes maior com latência 5 vezes menor.

O primeiro grande desafio das corporações é a conseguir acompanhar esse movimento. Para isso, é necessário que elas modernizem seus data centers.


2. Data centers menores e próximos aos usuários

Para suportar as novas tecnologias e aplicações avançadas vindas com o 5G, será necessário construir data centers que estejam mais próximos dos usuários e das torres de telecomunicações que transmitem o sinal, pois com mais data centers distribuídos, menor será o tempo de viagem dos dados.


Portanto, a expectativa é que as empresas construam, ao invés de enormes centros de dados, micro data centers capazes de suportar melhor a tecnologia 5G. Além disso, as empresas precisarão contar com novas soluções para alocar energia elétrica de forma inteligente, reduzindo a necessidade de ficar próximo a geradores de energia.


3. A utilização de cabeamentos com fibra ótica

Devido ao crescimento dos volumes de dados com a chegada do 5G, a fibra ótica se tornará fundamental para o cabeamento dos data centers.

Muitos dos data centers corporativos ainda utilizam o tradicional cabeamento de cobre, o qual deverá ser substituído para que a organização consiga lidar com as novas demandas de dados.

Os benefícios da fibra ótica são muito superiores aos do cobre. Além de suportar grandes volumes de dados, ela ainda é capaz de durar até 10 vezes mais e consumir 5 vezes menos energia para a transmissão de dados, tornando-se bem mais econômico a longo prazo.


4. A virtualização de funções de rede

Na era do 5G, as melhorias no data center corporativo não serão apenas estruturais, mas também em seus softwares. As empresas deverão investir em soluções de virtualização de funções de rede (NFV).

A NFV realiza a virtualização da arquitetura de rede. Com ela, as empresas podem criar máquinas virtuais (VMs) para conquistarem maior flexibilidade e redução de custos.

Essas VMs são capazes de executar todos os processos que antes eram feitos por switches, racks de armazenamento e servidores de alta disponibilidade. Isso elimina a necessidade de comprar hardwares especializados, permitindo que a infraestrutura de rede possa ser adaptada de acordo com as necessidades do negócio.


5. A automatização das operações de rede

A automação das operações de rede é fundamental para que as empresas possam aproveitar os benefícios da tecnologia 5G. No entanto, isso não é uma tarefa fácil. É necessário definir a nova estratégia de rede, quais serviços e modelos de negócios serão utilizados e quais habilidades serão necessárias.

É importante considerar o fato de que com a automação, muitas funções e cargos ficarão obsoletos, além de uma necessidade significativa de adquirir recursos com novas qualificações. Por isso, é fundamental realizar treinamentos com os funcionários para que se adequem à nova tecnologia e, se necessário, investir em novas contratações para a empresa.

A nova geração de conexão sem fio está próxima e os benefícios prometidos por ela poderão fazer grande diferença para os negócios da empresa. No entanto, antes de ser capaz de adotá-la, seus clientes deverão superar esses 5 desafios. Apenas assim estarão preparados para acompanhar a velocidade do 5G.

 

Categoria(s): Redes