<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 principais previsões sobre cibersegurança para 2019

Conheça as ferramentas e métodos mais eficientes para combater as novas ameaças que são modernas e sofisticadas.

 

4 principais previsões sobre cibersegurança para 2019

 

 

Os últimos anos foram marcados por constantes vazamentos de dados em grandes corporações e ataques ransomwares que se tornaram famosos por criptografar e roubar dados de milhares de empresas ao redor do mundo.

Graças ao aumento da violação de dados e complexidade dos ataques, a preocupação das empresas com esse assunto aumentaram. Dessa forma, a cibersegurança tem ganhado cada vez mais atenção no mundo corporativo.

Para este ano, especialistas em cibersegurança esperam que novas ameaças mais sofisticadas possam prejudicar as organizações. Os criminosos têm se aproveitado da confiança cega das empresas em seus usuários finais e prestadores de serviços em Nuvem.

Por isso, com os riscos crescentes em 2019, é necessário se aprofundar nas tendências tecnológicas disponíveis e na motivação por trás dos ciberataques.

Para que as empresas e suas equipes de segurança consigam enfrentar esta nova onda de ataques será preciso investir melhor na proteção digital dos sistemas corporativos.

Algumas tendências capazes de combater essas ameaças modernas já estão surgindo no mercado. Pensando nisso separamos as principais previsões sobre cibersegurança para 2019. Biometria, autenticação multifatorial e segurança de dados são alguns dos assuntos que iremos abordar para que sua revenda possa ajudar os clientes em na proteção digital de seus negócios. Acompanhe!


4 principais previsões sobre cibersegurança para 2019

 

1. Reconhecimento individual

Tecnologias de reconhecimento individual, como a biometria e a identificação facial, estão ganhando se popularizando graças aos últimos smartphones lançados com essas funcionalidades.

O reconhecimento individual é seguro e rápido na detecção da digital das pessoas e pode facilitar o controle de acesso dos usuários nos sistemas corporativos.

Outra tendência que se tornará popular em 2019 no ramo de identificação pessoal é o reconhecimento por voz. Desenvolvedores dessa tecnologia tem conseguido desenvolver algoritmos cada vez mais confiáveis e ágeis no reconhecimento de voz.

 

Mantenha os dados seguros em tempos de transformação digital


2. Autenticação multifatorial

A autenticação em 2 passos, em que o usuário precisa se identificar por meio de senha e uma confirmação de código via celular ou e-mail já é utilizada por algumas empresas.

Para aumentar essa proteção, a verificação multifatorial está se tornando tendência no mercado. Ela utiliza softwares de identificação de comportamento dos usuários e é capaz de detectar anomalias no sistema.


3. Criptomoedas

As criptomoedas ganharam popularidade em 2018 e o número de usuários interessados em adquiri-las irão continuar aumentando esse ano.

Além do Bitcoin, novas criptomoedas concorrentes estão sendo criadas. A tendência é que esse ano, governos e grandes corporações busquem regularizar e unificar as criptomoedas para evitar casos de fraudes e ataques que peçam o pagamento em criptomoedas.


4. Privacidade de dados

Ano passado a lei europeia GDPR entrou em vigor, visando regularizar a privacidade dos dados de cidadãos europeus. Ela afetou empresas no mundo todo, exigindo que as políticas de privacidade fossem modificadas.

Em 2019, será a vez da Lei Geral de Proteção de Dados brasileira. A LGPD cria regras claras sobre como as empresas poderão utilizar as informações de seus clientes.

Por meio dessas regulamentações, a tendência para 2019 é de que os usuários passem a ter maior autonomia sobre seus dados de cadastros fornecidos pelas empresas. Portanto, as corporações serão obrigadas a requisitar uma menor quantidade de dados.

Isso irá exigir ainda que as empresas reforcem suas políticas de segurança, além de contribuir para a redução das violações de dados cometidas por cibercriminosos.

Com tantos avanços tecnológicos sendo aproveitados tanto pelas empresas como por cibercriminosos em suas fraudes, o cenário de 2019 deverá ser de constante prevenção e investimento em proteção reforçada.

Por isso, é recomendável que as organizações implementem soluções preventivas que possuam várias camadas, abordando as ameaças de forma holística e não individualmente. Assim, será possível assegurar que as medidas de segurança serão capazes de cobrir todas as ameaças internas e externas.

Posts relacionados

Firewall gerenciado como serviço: o que é e quais as vantagens?

Proteger as informações corporativas tem se tornado uma tarefa difícil. Por isso, as empresas precisam investir em ferramentas robustas e eficientes como o firewall na Nuvem.

5 boas práticas de Disaster Recovery para implementar nos negócios

Para que as empresas se mantenham ativas no mercado, é necessário garantir a disponibilidade de sua infraestrutura de TI. Saiba como a recuperação de desastres pode ajudar.

Security Analytics: o que é e quais os benefícios?

Conheça a ferramenta que permite que as empresas utilizem análises precisas de seus dados para tratar ameaças e riscos à segurança de seus negócios.

Escreva seu comentário