<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 dúvidas que todas as empresas possuem sobre ciberataques

O cibercrime têm feito cada dia mais vítimas em todo o mundo e a maioria das corporações ainda desconhecem as principais questões que envolvem esse problema.

 

4 dúvidas que todas as empresas possuem sobre ciberataques

 

Muitos ciberataques têm virado notícia nos últimos tempos devido às suas performances modernas e ao grande número de vítimas. A extensão e o impacto desses perigos irão continuar a crescer e podem afetar ainda mais empresas caso estas não estejam devidamente protegidas.

Devido a isso, os profissionais de segurança têm apostado em ferramentas e métodos cada vez mais avançados para proteger a rede corporativa. No entanto, ainda que possam contar com diferentes processos para melhorar a postura de segurança da organização, ainda existem muitas questões a serem esclarecidas sobre o assunto.

O medo de sofrer uma invasão é grande por parte da maioria das empresas, principalmente por desconhecerem como os ataques funcionam e quais são os métodos de ação dos hackers. Pensando nisso, separamos as principais dúvidas que rondam os clientes sobre o ciberataque para que sua revenda possa ajudá-los a desmistificar o assunto. Confira:

1 - Todos os ataques têm a mesma origem?

Muitos ciberataques seguem o mesmo fundamento, entretanto não são necessariamente iguais. Normalmente, os criminosos partem de um mesmo ponto, que é pesquisar seus alvos em redes sociais e sites das empresas. A partir disso, eles desenvolvem uma infecção para explorar vulnerabilidades específicas de cada vítima. Assim, instalam sua carga maliciosa, conseguindo acessar a rede e segmentar os dados que irão extrair.

Ainda que esses sejam métodos tradicionais seguidos pelos hackers, é importante que as empresas entendam que eles não seguem uma cadeia linear de ação. Portanto, é necessário que a TI esteja pronta para monitorar e proteger toda a superfície e ponto de acessos possíveis de serem atingidos.

2 - Por que apenas alguns tipos de ataques são divulgados?

Certos tipos de ataque recebem mais notoriedade na mídia do que outros. No entanto, isso não quer dizer que não haja outros tipos tão perigosos quanto e que são desconhecidos por grande parte das empresas.

Ser divulgado ou não pode depender de diversos fatores que vão além da gravidade do ataque, como questões econômicas, políticas, entre outras. Aqueles que atacam consumidores e violam informações de clientes são os que recebem mais destaques, por exemplo. A publicidade em torno deles também dependem de sua narrativa, se há grande número de vítimas ou se os alvos são grandes empresas.

3 - É necessário desvendar a identidade do hacker que afetou sua empresa?

Muitas vezes, além de erradicar o problema, as empresas tentam encontrar a identidade dos criminosos e descobrir os motivos do ataque e a quem eles estão associados.

Entretanto, nem sempre é necessário desvendar essas questões, apenas se for proporcionar alguma vantagem para a corporação identificar o invasor. As empresas devem se focar em identificar as técnicas e comportamentos dos criminosos, além de detectar os pontos falhos de suas técnicas de segurança para que ataques semelhantes não consigam ter sucesso.

4 - O que a corporação deve fazer para não ser alvo?

Além de utilizar soluções eficientes de segurança, as empresas podem utilizar métodos para determinar a vulnerabilidade potencial de seus dados para descobrir a porcentagem de chances de serem exploradas por criminosos para, assim, descobrir quais medidas deve implementar em suas políticas de segurança.

Ainda é importante contar com uma equipe especializada para monitorar e controlar a rede corporativa, além de adotar ferramentas especializadas, auditorias regulares e preparar todos os colaboradores para evitar falhas internas que podem abrir portas para os cibercriminosos.

 

 

Treinamentos Palo Alto Networks

Posts relacionados

Como escolher uma solução de segurança de endpoint?

A primeira etapa na escolha da melhor solução de segurança de endpoint é entender o que sua empresa precisa.

Inteligência de ameaças cibernéticas: o que é e qual a importância para empresas?

A inteligência de ameaças cibernéticas ajuda as organizações, dando-lhes insights sobre os mecanismos e implicações das ameaças.

O que considerar na segurança do servidor de uma empresa?

Para manter a disponibilidade e proteção dos dados corporativos é necessário assegurar que toda a infraestrutura esteja protegida contra as ciberameaças.

Escreva seu comentário