<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 dicas para montar um contrato de prestação de serviços de TI sem erros

Estabelecer um contrato bem estruturado é fundamental para que sua revenda evite possíveis problemas legais e prejuízos, além de melhorar o relacionamento com os clientes.

 

A TI passou a ser uma verdadeira aliada dos gestores das empresas no momento de tomadas de decisões importantes para os negócios. Por meio das soluções tecnológicas certas é possível prever cenários e seguir caminhos mais inteligentes.

Devido a isso, a procura por parceiros tecnológicos capazes de dar apoio no crescimento dos negócios e criar diferenciais estratégicos tem aumentado entre as organizações. 

No entanto, nem sempre foi assim. Por muitos anos a TI apenas era vista como um suporte administrativo que realiza manutenções técnicas nos computadores dos colaboradores. Mas, com o avanço da Transformação Digital, a necessidade de se ter um parceiro de TI capacitado e especializado cresceu rapidamente.

E é por isso, que as revendas de TI precisam acompanhar essas transformações e reformular seus contratos de prestação de serviço para atender a todas as novas demandas do mercado e, assim, aumentar os lucros de seu negócio.

Sua revenda possui um contrato de prestação de serviços de TI adequado a essa nova realidade? Trabalhar com acordos ultrapassados pode deixar seus clientes insatisfeitos e não trazer os os resultados esperados. Veja como resolver essa situação!

4 dicas para montar um contrato de prestação de serviços de TI

É importante se lembrar de que o contrato de prestação de serviços é um instrumento jurídico importante que tem como objetivo nortear as diretrizes sobre o serviço que será prestado por sua revenda e os procedimentos que serão adotados. 

Esse documento deve ser preparado cuidadosamente, pois estabelece todos os direitos, deveres e responsabilidades  das partes envolvidas. A relação entre contratante e contratado é regida por regras e determinações claras que visam garantir que o combinado saia conforme o planejado.

Fortaleça o poder de colaboração

Portanto para garantir transparência, profissionalismo e resultados para sua revenda e clientes, é necessário tomar alguns cuidados. Confira a seguir 4 dicas para montar um contrato de prestação de serviços de TI sem erros:

  1. Seja minucioso no desenvolvimento do contrato

O contrato de prestação de serviços é uma garantia daquilo que foi determinado entre contratante e contratado, portanto, sua revenda não pode poupar os detalhes para evitar ambiguidade e possíveis desentendimentos.

Além disso, fuja de modelos preexistentes, pois eles podem não abranger todas as especificidades dos serviços e necessidades de seus clientes. É importante criar um modelo exclusivo, com todos os pontos importantes para seu negócio.

  1. Verifique se todos os itens fundamentais estão no documento

Há uma série de requisitos legais essenciais para a elaboração de contratos que não podem ser esquecidos. Portanto, liste todos os tópicos fundamentais e cheque cada um deles antes de fechar qualquer negócio.

Alguns itens fundamentais são:

  • Descrição e qualificação das partes: deve conter todos os dados jurídicos das partes envolvidas;
  • Objeto do contrato: o serviço que será contratado deve estar detalhado, assim como suas especificações técnicas, padrão de qualidade e outras informações importantes;
  • Condições de pagamento e prazos: são indispensáveis no contrato para que sua revenda não sofra com possíveis prejuízos;
  • Obrigações de cada uma das partes: todos os direitos e deveres do contratante e contratado deve estar determinado;
  • Consequências do descumprimento do contrato por ambas as partes: é necessário descrever todos os possíveis efeitos, como multas e indenizações;
  • Rescisão do contrato: por último, sua revenda de TI não pode se esquecer de informar todas as medidas cabíveis para caso o contrato seja encerrado antes do prazo ou sem o seu cumprimento integral.
  1. Inclua uma cláusula sobre renovação

Manter a prestação de serviço de forma recorrente é fundamental para aumentar a receita de sua revenda, por isso, não se esqueça de incluir uma cláusula de renovação em seu contrato.

Para isso, determine quais são as condições de renovação, a previsão de reajustes de pagamento e todos os detalhes necessários para cada serviço fornecido.

  1. Insira todos os requisitos do projeto e serviço que será fornecido

É importante ainda ressaltar que em um contrato de TI é fundamental que todos os requisitos necessários para a realização do projeto estejam destacados. 

O item deve esclarecer quais recursos serão necessários para o cumprimento do contrato para que todo o serviço seja bem implementado na organização de seus clientes. Dessa forma, o cliente terá uma previsão de custos extras ou equipamentos, entre outras provisões, que terá que dispor.

Manter um bom relacionamento com os clientes é indispensável para criar uma parceria de sucesso a longo prazo. A criação de um contrato de prestação de serviços claro e objetivo é indispensável para isso.

Portanto, tome todos os cuidados legais necessários para estabelecer os contratos de sua revenda, assim, será possível evitar qualquer tipo de problema judicial e, ao mesmo tempo, atender a todas as demandas de seus clientes.

Posts relacionados

Como o outsourcing de TI pode ajudar em tempos de COVID-19?

Entenda como esse modelo de serviço pode contribuir para a saúde financeira das empresas diante de crises.

3 KPIs que não fazem mais sentido para a TI e 2 indicadores essenciais

Muitos indicadores tradicionais não são mais relevantes. Ajustes serão necessários para reforçar o valor comercial da TI na era digital.

6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado

Quando as metas são desafiadas pelo orçamento, alocar os recursos disponíveis de maneira inteligente e criativa deve ser medida prioritária. 

Escreva seu comentário