<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 áreas que podem causar problemas no projeto VDI

Caso não haja um bom planejamento inicial, a virtualização de desktop pode apresentar falhas no gerenciamento de usuários, no desempenho, na infraestrutura e na plataforma. Saiba como resolvê-los.

 

4 áreas que podem causar problemas no projeto VDI (Virtualização de Desktop)

 

A virtualização de desktop permite que os usuários utilizem todas as funções do desktop de forma otimizada e com maior segurança, além de diversos outros benefícios. Muitas empresas têm apostado nessa opção para modernizar seus negócios, porém a virtualização de desktop ainda está em desenvolvimento e existem muitas possíveis armadilhas que podem ser evitadas caso os profissionais de TI sigam alguns passos básicos no planejamento.


Caso o projeto VDI não tenha uma boa preparação, pode cair em quatro categorias de problemas: no gerenciamento de usuários, no desempenho, na infraestrutura e na plataforma. Além disso, ter falhas em uma dessas áreas, pode acabar afetando as outras. Por exemplo, caso haja um problema na infraestrutura, o desempenho também pode ser afetado.

Saiba quais são esses problemas e como contorná-los:

Gerenciamento de usuários

Os problemas em soluções VDI, muitas vezes, começam no acesso do usuário às máquinas virtuais (VMs). Podem ocorrer falhas nas cargas de trabalho das VMs, deixando-as lentas ou até faltar arquivos.


Na maioria dos casos, os usuários utilizam redirecionamento de dados e arquivos temporários por meio de NAS (Network Attached Storage). Dispositivos conectados à rede, que possibilitam o armazenamento e a recuperação de dados de um local centralizado para usuários autorizados da rede.


Assim, é preciso verificar se a conexão entre as VMs e o NAS é adequada para mover os dados de forma rápida, caso contrário, problemas como sobrecarga podem acontecer e atrapalhar o acesso dos colaboradores.

Desempenho
Falhas no desempenho de desktops virtuais, no suporte e processamento também podem gerar conflitos para aqueles usuários que utilizam maiores requisitos do sistema, como engenheiros, executivos e designers. Para que isso não ocorra, é ideal isolar grupos de usuários especializados, dando acesso a um pool de recursos de alta performance para uso específico.


A ativação de clusters com aceleradores de protocolos baseados em hardwares ou GPUs podem melhorar significativamente o desempenho do desktop virtual.

Infraestrutura
Os problemas no nível da infraestrutura, normalmente, envolvem limitações de recursos. A implantação de altas cargas na CPU, memória, armazenamento e comutação de hosts pode levar à saturação. Portanto, um requisito necessário entre os host VDI e matrizes de armazenamento é possuir 10GbE.


A implantação de unidades sólidas no host, que permitam o armazenamento em cache no nível do hypervisor pode resultar em uma mudança significativa no desempenho do armazenamento e da rede.


Outro contratempo na infraestrutura está relacionado aos endpoints dos usuários, por exemplo, alguns thin clientes mais antigos não possuem potência para executar softwares mais recentes, causando erros de memória.

Plataforma
Em relação à plataforma VDI, é importante manter a conformidade de versão entre as ferramentas embutidas das VMs e clientes para que não haja problemas de incompatibilidade. Por isso, a equipe de TI precisa manter uma rotina de atualizações para que não ocorram falhas na execução.

 

A importância do gerenciamento e automação na virtualização do Data Center

Posts relacionados

Quais os benefícios da virtualização de data centers para as empresas?

Adotar essa solução pode proporcionar vantagens palpáveis para os negócios de seus clientes, tanto em redução de custos, quanto em agilidade na TI.

 

Escreva seu comentário