<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Veja como ter um sistema estável mesmo com picos de acesso
  • Para de se estressar com chamadas de voz sem qualidade
  • Como alcançar uma segurança inteligente após a transformação digital
  • Veja como ter um sistema estável mesmo com picos de acesso
  • Pare de se estressar com chamadas de voz sem qualidade

5 ferramentas de segurança essenciais para uma estratégia eficiente

Postado por Equipe Westcon em 3/jan/2018 5:00:00

Descubra quais são as opções recomendadas que a TI deve implementar na rede corporativa para manter ameaças afastadas.

 

5 ferramentas de segurança essenciais para uma estratégia eficiente

 

 

Proteger a rede corporativa tem se tornado uma tarefa cada dia mais complexa devido ao cenário atual em que ciberataques estão ganhando força e se modernizado. Isso tem exigido camadas extras de segurança e um conjunto de soluções robustas capazes de combater todas as ameaças.

Para lidar com esses problemas, um bom líder de segurança deve assumir algumas responsabilidades, como a de monitorar a rede e criar uma estratégia eficiente que identifique vulnerabilidades e brechas no sistema, antes mesmo que algo aconteça. Além disso, é necessário investir em ferramentas modernas e inteligentes que possam reforçar a segurança do ambiente.

Há muitas opções no mercado capazes de garantir uma maior proteção e controlar os riscos em potenciais. Mas, antes de implementá-las em sua empresa, os gestores precisam estar preparados para escolher aquelas que atendam a todas as necessidades da corporação.

Algumas ferramentas existentes são indispensáveis para manter a infraestrutura confiável. Ajude seus clientes a saberem quais são elas e entender sua importância. Confira:

1 - Firewall

Após a migração para a Nuvem e o aumento da mobilidade no ambiente de trabalho, em que rotinas e sistemas passaram a ser integrados à internet, a necessidade de se ter conexões de rede segura e com alto padrão de funcionamento aumentaram.

O firewall é essencial para uma estratégia eficiente de segurança e possui diversos recursos importantes em um único sistema, como antivírus, filtragem de aplicação e sistema, prevenção e detecção de ameaças e redes VPN.

Ele é capaz de monitorar constantemente as requisições feitas para identificar as conexões que não são seguras e outras atividades suspeitas. Além disso, por meio dele, a TI ainda consegue configurar bloqueios automáticos para quando usuários realizam comportamentos suspeitos.

2 - Soluções de gerenciamento

Contar com softwares capazes de monitorar toda a infraestrutura e serviços utilizados pela empresa em busca de vulnerabilidades é essencial para detectar falhas e ameaças, como os temidos malwares, que podem infectar o sistema e causar grandes prejuízos para os negócios.

Essas soluções realizam o rastreamento constante e rápido de todo o ambiente sem prejudicar o funcionamento dos dispositivos e prejudicar a produtividade dos colaboradores.

 

Sa

 

 

3 - Ferramentas de controle de acesso

Além de ataques externos, a empresa pode sofrer falhas internas, causadas por usuários mal intencionados ou não, por isso, é necessário ter um controle sobre o que cada usuário tem acesso e até restringir determinadas áreas.

Ao contar com essa ferramenta, a TI consegue criar listas de controle de acesso com regras específicas para cada tipo de usuário, definindo políticas de segurança e contando com registros detalhados do que cada colaborador fez com seu acesso a rede.

E ainda oferece uma proteção reforçada para lidar com dispositivos pessoais utilizados pelos funcionários para acessar a rede corporativa, os quais podem ser roubados ou perdidos, como a exigência de autenticação biométrica ou de dois fatores.

4 - Sistema de prevenção de intrusões (IPS)

O IPS é utilizado para ajudar o firewall na prevenção contra ameaças. Ele realiza o monitoramento do tráfego de rede e identifica atividades maliciosas, além de gerar relatórios sobre elas e tentar interrompê-las.

Esse sistema de prevenção pode ser configurado para dar respostas conforme o nível da ameaça que afeta a rede, criando pontos de estrangulamento ou cortando a conexão de atividades suspeitas automaticamente.

5 - Protocolos de segurança e criptografia

Outra medida essencial para as empresas manterem suas atividades e rotinas seguras é utilizar protocolos de segurança digital nas comunicações com o ambiente virtual e nos acessos remotos à rede. Dessa forma, os protocolos são capazes de criar uma camada protetora que impede que dados sigilosos sejam roubados.

Além disso, a criptografia é indispensável para uma estratégia de segurança, ela deve ser implementada para prevenir o roubo de informação e o acesso de usuários não autorizados.


Essas ferramentas são essenciais para uma estratégia de segurança eficiente, mas é importante que a TI tenha em mente que manter a segurança da rede corporativa é uma tarefa complexa e que envolve todos os departamentos da empresa. Portanto, não basta apenas implementar soluções de proteção e esperar que as invasões fiquem longe. Por isso, investir em treinamentos e cursos para preparar os colaboradores e incentivar boas práticas pode fazer a diferença nessa missão.

 

Categoria(s): Ciberataque, Segurança